domingo, outubro 03, 2010

SENTIMENTOS



Sempre
encontro poemas
nos teus olhos
 sentimento
duma festa a inventar
dando voz ao grito
das palavras
Na viagem aos teus sonhos
por sonhar

Sempre bebo poemas
no teu canto
Com cantigas
Entoadas na saudade
E  regresso
às margens do meu tempo
Nessas ondas
que buscam a liberdade

Sempre
correm  memórias
no teu corpo
Rompem mágoas
só bebidas na paixão
Mas no ventre desse barco
que precisas
Há um porto de regresso
ao coração.

1 comentário:

Amordemadrugada disse...

Tão bonito, Luciano!
Amei!
Tenha uma linda semanita...
Beso
;)