terça-feira, março 04, 2008

A nova Produção do PROJÉCTOR vem aí!

ESTREIA NACIONAL!
29 de Março 2008

"ADRIANA MATER" de Amin Maalouf
(Com encenação de Abílio Apolinário)
A nova produção do Projéctor Teatro

(Algumas fotos de ensaios)


11 comentários:

Adrianazinha pequenina disse...

La Fúria!!! vê lá se colocaste uma fotografia minha a dançar! :-P

Beijinhos avozinho :-D

Luciano Barata disse...

Muita água correrá ainda, debaixo da ponte; a qual, te fará navegar, até disso precisares.
Podes referir-te, também a mim, pelo meu nome próprio.Seria,talvez, mais correcto, mesmo para ti e para mim.
Beijinho "Adrianinha"

Ruben disse...

Ola :-D

Estou a gostar muito dos ensaios e do grupo em si!!

A peça está a ficar excelente!

fernanda disse...

estou a gostar muito desta nova experiencia e agradeço pela confiança que depositaram em mim para encarnar esta personagem.

espero que nos momentos dos espetáculos corra tudo bem.

obrigado...gostei da fotografia:D

tânia disse...

tou a adorar fazer esta peça e cada vez gosto mais de pertencer a este grupo.

vai ser um grande espetáculo...muitos beijinhos:D

Akinol disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Luciano Barata disse...

CUIDADO não abram o comentário anterior porque tem vírus.

Kalar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Projetor disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Projetores, I hope you enjoy. The address is http://projetor-brasil.blogspot.com. A hug.

Celular disse...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Celular, I hope you enjoy. The address is http://telefone-celular-brasil.blogspot.com. A hug.

jorge fagundes disse...

A estreia nacional, na velha SDUB, foi uma agradável surpreza. Parabéns.
Ainda que seja previsível que as sessões futuras não venham a ter uma tão grande assistência (seria óptimo) julgo, e se me permite a opinião, que devia alterar a localização do espaço físico onde se desenrola a peça. Isto é:continuar no salão, mas deslocando-o para a zona situada logo abaixo do palco, ficando o público de frente para aquele. Creio que seria vantajoso em termos de aproveitamento da acústica do salão. Tendo já dirigido inúmeras assembleias gerais verifico (sem utilização de micro) que os sócios me ouvem perfeitamente, bem como àqueles que estão de costas para o palco. Mas o inverso não é verdadeiro, ou seja, quem está na mesa nem sempre entende, na perfeição, aqueles que estão de frente para o palco, tal como os actores da peça.
Cumprimentos